• Pular para o conteúdo
  • Diminuir letra
  • Aumentar letra
  • Fundo Preto
  • Fundo Normal
  Página Inicial Setores SUSEP Notícias Notícias 2011 Susep apoia realização de evento internacional de microsseguro  

Notícia

Susep apoia realização de evento internacional de microsseguro

11/11/2011

O Rio de Janeiro foi palco da 7ª Conferência Internacional de Microsseguros, realizada entre os dias 08 e 10 de novembro, com a participação de mais de 500 congressistas, além de 70 palestrantes e mediadores. A Conferência, organizada pela Munich Re Foundation e pela Microinsurance Network, contou com o apoio da SUSEP, CNSeg, BID, FIDES, GIZ/BMZ e do Centro de Análises Econômicas de Riscos da Universidade Estadual da Georgia (CEAR).

No evento, em entrevista à Imprensa, o superintendente da SUSEP, Luciano Portal Santanna, explicou que foi criada uma comissão – integrada por representantes da própria Autarquia e de entidades que representam o setor privado - para alinhavar uma proposta de regulamentação do microsseguro.

Essa proposta deverá ser analisada pelo CNSP no próximo dia 29 de novembro. Depois disso, caberá à SUSEP aprovar atos complementares, provavelmente no início de 2012.

No último dia da Conferência, Luciano Portal Santanna, destacou que a política de longo prazo para o microsseguro passa necessariamente pela educação financeira. "Há um aspecto fundamental, principalmente para população de baixa renda, que é a educação financeira. É importante que o consumidor saiba fazer uma opção boa para sua capacidade financeira", afirmou.

Já o vice-presidente da Munich Re Foundation e presidente do Conference Steering Committee, Dirk Reinhard, elogiou a escolha do Brasil para sede do evento. “Este é o local perfeito para a 7ª Conferência Internacional de Microsseguros”, observou, lembrando que o País está trabalhando para melhorar o acesso ao seguro das classes de menor poder aquisitivo. “O Brasil está em uma posição vigorosa para fornecer aos mais pobres as ferramentas de gerenciamento de risco mais eficazes para quebrar o ciclo de pobreza”, acrescentou.

Por sua vez, o presidente da CNSeg, Jorge Hilário Gouvêa Vieira, assinalou que o aumento da renda e a maior disponibilidade de crédito possibilitaram a ascensão social de grupos de menor renda.  Diante desse cenário, ele destacou que é fundamental criar condições que protejam o patrimônio dessas famílias. “O microsseguro é um instrumento legal para garantir estes resultados, assim como para criar o hábito de poupar destinado à educação financeira. É indispensável criar hábitos de poupança entre os brasileiros”, disse o presidente da CNSeg.

A 8ª Conferência Internacional de Microsseguros será realizada na Tanzânia em 2012.

Ações do documento